26 de ago de 2015

GILMOUR CANTA BEATLES

Ouça uma releitura de David Gilmour (Pink Floyd) da canção Here, There And Everywhere, de Lennon/McCartney! Curta!

13 de ago de 2015

A ESTRANHA GUITARRA DE LENNON: A SARDONIX

Pense em guitarras de John Lennon e provavelmente virão à sua mente a Casino Epiphone e talvez a Rickenbacker 325, ou ainda a Gibson J-160-E eletro-acústica. 

Você quase certamente não pensará numa Sardonyx 800 D II...

John e sua Sardonix

Mas como mostra a fotografia acima, John utilizou a Sardonyx durante as gravações do seu último álbum, de 1980, o Double Fantasy.   

Então, o que é essa guitarra exatamente?   

Como se pode ver, a Sardonyx é algo meio misterioso mesmo. Seu construtor, que prefere permanecer desconhecido, era um reparador de guitarras na loja de Matt Umanov, em West Village, Manhattan, nos inícios dos anos setenta. Ele construiu suas guitarras 'sardônicas' em casa e vendeu-as através de Umanov, o que é mais provável de ser o local onde John adquiriu a sua.   

"O cara que fez esta guitarra e eu íamos ao Brooklyn High School Tecnology juntos no metrô todos os dias", disse Umanov à revista Guitar Aficionado. "Vendemos algumas através da minha loja e John Lennon terminou com uma, pois tinha um apartamento a poucos quarteirões de distância e vinha até a loja várias vezes."   

Desde os primeiros dias dos Beatles, John esteve à procura de novos sons, e o design incomum da Sardonyx provavelmente o levou a querer um desses instrumentos. Embora a guitarra pareça ser feita de um material sintético, ela realmente possui um corpo de madeira e um braço de ébano. O acabamento preto fosco tem um verniz laca espesso que dá à Sardonyx uma aparência de plástico.

Guitarras elétricas são tão incomuns quanto a sua aparência. Seus dois captadores Bill Lawrence estão conectados a um sistema de fiação complexo, três de saída que permite ao músico enviar combinações de captação completamente independentes, incluindo diferente fase inversa e configurações paralelas em série, a duas saídas estéreo independentes ou para uma única saída mono. Outras características incluem hardware Schaller, um par de barras de aço inoxidável outrigger com pés de borracha anti-derrapante, e um braço balanceado ajustável na parte superior.   

"Naquela época, o Brooklyn Tecnology ainda era baseado nos currículos dos anos vinte e trinta, incluindo uma grande quantidade de material técnico, como uma oficina mecânica, desenho técnico e padrões de fabricação.", diz Umanov. "Houve até uma fundição. Você pode ver tudo isso na formação, na concepção e na feitura desta guitarra. Se você olhar para o trabalho de alguns dos mais famosos designers industriais de todos os tempos, como Raymond Loewy, que desenhou os Studebakers mais emblemáticos, ou Henry Dreyfuss, que projetou os telefones da princesa, as linhas são afiadas e deliberadas, tal como são nesta guitarra. "   

Apenas 15 a 20 do Sardonyx 800 D II foram construídas, tornando-se uma das guitarras mais raras associados a Lennon, uma lenda da guitarra, que permaneceu um direito original até o fim de sua vida.

Ouça e veja agora John Lennon, num registro de suas últimas imagens, tocando a canção I'm Losing You, numa gravação feita durante a produção do disco solo Double Fantasy, no estúdio The Hit Factory, em Nova York, nos Estados Unidos, em 1980. Yeah!


Fonte enviada pelo querido maestro Beto Iannicelli: 
http://www.guitarplayer.com/gear/1012/john-lennons-weirdest-guitar-the-sardonyx/49784 

2 de ago de 2015

ADEUS CILLA

Faleceu hoje, 2 de agosto de 2015, na sua casa na Espanha, a cantora britânica Cilla Black

Nascida Priscilla Maria Veronica White (27 de maio de 1943), ela foi a segunda maior estrela a emergir do cenário de Liverpool depois dos Beatles

Quando criança, foi encorajada a começar a cantar pelos pais, e nos anos 60, determinada a entrar para o show business, arrumou um emprego de garçonete no famoso Cavern Club em Liverpool, onde os Beatles tocavam regularmente. 

Ela conseguiu os impressionar, começando sua carreira com apresentações de improviso no Cavern. Foi o início de uma longa amizade com os Beatles - John Lennon convenceu Brian Epstein a gerenciar Cilla (e a mudar seu nome de Cilla White para Cilla Black) e ela ganharia algumas composições de Lennon e McCartney para gravar. 

Mas o sucesso só viria um ano depois disso, em 1964, quando ela gravou "Anyone Who Had a Heart", de Burt Bacharach e Hal David. Outras de suas canções mais conhecidas, e que a tornaram famosa ao redor do mundo foram "You're My World", "Alfie" e "Step Inside Love (Lennon/McCartney)". 

Aqui vemos Cilla, junto de Marvin, Welch & Farrar, interpretando Norwegian Wood, de Lennon e McCartney. R.I.P. Cilla!