3 de mar de 2010

FROM LENTZ TO HARRISON

Pessoal, nosso querido George faria 67 anos no último dia 25 de fevereiro. God bless you, George!

E foi com muita emoção que nós da Beatles Brasil recebemos uma gravação do nosso companheiro de lista, o Prof. Guilherme Lentz, cantando Fill My Heart With Love, uma bela canção de sua autoria feita em tributo à George Harrison. O professor Lentz fala um pouco sobre ela:

"Apesar de muito palpiteiro, realmente não sei cantar, nem tocar violão, nem compor, nem fazer versos. Descobri que tenho muito a aprender quanto a preparar um bom som para ser capturado também. Mexer no MovieMaker, não consegui. Cortei até o iniciozinho da canção.

Mas, enfim, esse é meu tributo ao George, que eu queria acrescentar às homenagens que ele recebeu no dia 25 de fevereiro. É uma frasezinha que venho dedilhando desde que o George adoeceu, inventando pedaços de letra só mesmo para cantar junto. Nos últimos dias achei um jeito no refrão e acabei chegando no ponto de definir a canção. Acho que falta uma letra melhor e talvez uma boa enxugada, mas está aí.".

Obrigado por nos compartilhar esse momento carinhoso de tributo ao nosso querido George, professor! FABraços!



Fill My Heart With Love (letra)

If I´m ever feeling sad,
you are the one that makes me glad
If there is rain in my day,
I´ll carry you along the way
If I have my eyes with tears,
you show me how to face the fear
Do if you ask me what I say,
I say ´hold on; it´s gonna be ok´

Slidin´ right into my heart,
you talked about dying with art
You made love come to everyone,
you sing the moon and sing the sun
God is really everywhere;
you found the road to take us there
So if you ask me what I say,
I say ´hold on; it´s gonna be ok´

We are only grains of sand floating in the universe
We are once and again
Your verse is real,
and it fills my heart with love

Years go by,
you´re still my friend; this time,
I offer you my hand
You could never be alone;
millions of voices sing your song
If all things must really pass,
you are the one to everlast
So if you ask me what I say,
I say ´hold on, it´s gonna be ok´

1 de mar de 2010

ANOTHER NOWHERE MAN...

O nosso querido e talentoso maestro Beto Iannicelli, da Beatles Brasil, nos enviou, como um tipo de charada, a gravação que você vai ouvir hoje.

Ele perguntava quem era o intérprete da maravilhosa canção de John, Nowhere Man, nesta gravação. Bom, ninguém acertou e ele explicou:

"Essa performance é de um cantor americano chamado Tiny Tim e está no disco de Natal dos Beatles de 1968. Quem apresenta o Tiny no disco é George e foi, salvo engano, o primeiro disco de Natal, desde 63, em que houve a participação de alguém que não fosse um beatle. Ele ficou notabilizado pelos falsetes e vibratos fantásticos. O interessante da coisa é que sua voz natural é de barítono, ou seja, uma voz grave. Ele morreu em novembro de 1996. Ah! É ele mesmo quem toca o ukulele na gravação. Foi um cantor de bastante sucesso, inclusive chegou a ser atração no Ed Sullivan Show. Bom, foi só uma brincadeira para alegrar o povo.".

Valeu, maestro!

Tiny Tim (Nowhere Man - cover)